terça-feira, 24 de março de 2020

11 Lugares que você deveria conhecer na América do Sul

Lugares que deve conhecer na America do Sul


Quem me conhece, sabe o quanto eu amo a América do Sul. Porém existe várias razões para isso e vou coloca-las aqui, assim vocês verão que tenho razão.

Razões

* Voos Internacionais mais baratos - Devido a distancia ser menor que outros continentes.
* Idioma Espanhol - Como todos sabem, eu amo esse idioma e aproveito muito para conversar bastante nessas viagens ( imaginem como eu falo).
* Diferenças -  identificamos diferenças em  cada país, como cultura, culinária, etc.
* Fazer amizades - sempre é bom para nós, e com isso temos vários amigos em varias partes do mundo, somente trocando mensagens via whatsapp e redes sociais.
* Troca de Moeda - Podemos trocar nossa moeda no próprio país de visita, pois todos aceitam o real como moeda de troca na casa de cambio e com isso não perdemos duas vezes na troca, tendo que trocar por dólar e posteriormente pela moeda local.  

Bem, dito isso, já viram algumas razões né?  Agora podemos passar  para os lugares que mais me encantaram nessas minhas andanças pela América do Sul, na verdade iria colocar 7 lugares, mas cada hora me lembrava de outro e não tive coragem de deixar os melhores de fora.
Vou colocar aqui, mas não necessariamente é por ordem do que mais gostei, pois obviamente gostei de todos.

1º El Calafate - Perito Moreno ( Argentina) 

Há muita coisa para fazer lá, como conhecer os glaciares e Perito Moreno. Simplesmente lindo e fantástico e se tiver a chance de enquanto estiver la ouvir algum gelo se desprender da geleira, você é um sortudo e poderá participar do maior espetáculo visual que podemos ver.
Também é possível fazer roteiro pelas montanhas de 4x4, com vistas fantásticas, alem da vasta gastronomia que poderá encontrar em El Calafate.

2º Buenos Aires ( Argentina)

Buenos Aires, possui muitos atrativos, muita coisa para fazer, excelente gastronomia, vida noturna, preço mais que justo, um dos locais mais baratos na America do Sul. Um estilo europeu bem pertinho de nós.
Em BA podemos percorrer quase tudo a pé e dessa forma conhecemos bem mais. Alem disso, também serve para hospedar por uns 02 dias em escalas para voos para Mendoza, Salta, Córdoba, El Calafate, Rosário,  Ushuaia, dentre outros destinos.

3º Machu Picchu ( Peru)

Realmente faz parte das 07 maravilhas do Mundo e com razão.
Para estar em Machu Picchu, o melhor é se hospedar em Cusco e passar o dia em Machu Picchu, pegando o trem logo cedo, ou se hospedar em Águas Calientes e pela manha somente subir de ônibus.
A Região de Machu Picchu e Cusco, tem muitos atrativos e é uma região "barata" para se comer e passear.
Vale também ficar uns 02 dias em Lima, que possui ótimos restaurantes e vistas fantásticas.
Lembrando que existem outras cidades  e roteiros para se conhecer também, como as linhas de Nazca, Puno e as ilhas flutuantes de Uros, etc.

4° Ushuaia ( Argentina)

Outro local fantástico, onde podemos fazer alguns passeios, incluindo o trem do fim do mundo. Nesse passeio nos é contada a história dos antigos presidiários que habitavam Ushuaia no passado.
Passeio de barco, no estreito de Beagle, onde pudemos ficar próximos ao farol e aos pinguins.
Dentre vários outros atrativos, lembrando que literalmente estamos no fim do Mundo.

5º Santiago do Chile / Valparaiso ( Chile)

A Cidade de Santiago do Chile, tem muitos atrativos, excelente gastronomia e muitas coisa para fazer.
Pela manha existe a troca da Guarda Presidencial que é um espetáculo a parte e vale muito a pena ser visitada.
Próximo a cidade temos o Valle Nevado, que no inverno permite esquiar, ou somente apreciar a linda vista e beleza na neve.
As cidades de Valparaíso e Viña Del Mar ficam bem próximas de Santiago e alem de terem varias atrações, vale muito a pena visitar para conhecer.
A vida Noturna de Santiago é como a de São Paulo e Buenos Aires.

6º Bogotá / Cartagena ( Colombia)

A Colômbia possui muitos lugares bonitos dentre eles Bogotá e bem próximo temos a cidade de Zipaquira, onde existe uma catedral de sal, dentro de uma mina. Vale muito a pena ser visitada, pois alem de perto de Bogotá, ainda tem todas as passagens de Cristo.
A Cidade de Bogotá também possui uma vasta vida noturna, vários shoppings, assim como uma ótima gastronomia.
Cartegena, tem muitas praias belíssimas, alem de ilhas próximas para visitar e mergulhar. Tambem existe um aquário no meio do mar.
A Cidade murada é um atrativo a parte, onde podemos conhecer caminhando ou ate mesmo de carruagem, como nos contos de fada.

7º Salta ( Argentina)

A Cidade de Salta, conhecida como Salta la linda, realmente faz jus ao nome, pois é realmente muito bonita. Rodeada por altas montanhas, a plaza 9 de Julio fica no centro da cidade, rodeada por vários cafés e restaurantes, alem da praça encontrara também construções históricas.
Apesar de não se comparar a Mendoza, Salta também possui vinícolas.
A atração também é o Teleferico San Bernardo, onde podemos subir e apreciar a cidade por cima.

8º Montevidéu / Punta del Este /Colonia del Sacramento ( Uruguay)

Montevidéu e muito próximo do Brasil, voo direto e assim como Buenos Aires, muito fácil de conhecer caminhando pelas ruas. Um grande atrativo é que que por ser um País pequeno, podemos percorrer de ponta a ponta de carro.
Além de Montevidéu, Punta Del Este, Punta Del Diablo e Colonia del Sacramento devem ser visitadas sem dúvida.
Em Punta Ballena caminho de Punta Del Este podemos parar na Casa Pueblo para apreciar o por do Sol, alem da visita a casa do artista plastico Carlos Páez Vilaró. 

9º Santa Cruz de La Sierra ( Bolívia)

Centro financeiro da Bolívia, uma cidade com bastante coisa para fazer e conhecer, muito bonita, vida noturna, com vários passeios, dentre eles Samaipata, que lembra bastante os sítios arqueológicos próximo de Machu Pichu. 


10º Córdoba ( Argentina)

Adorei Córdoba, uma cidade com vida noturna, qualidade de vida e com ótima estrutura.
Podemos também visitar Alta Gracia, um município que ficou conhecido graças a Che Guevara que morou la quando criança, hoje existe um Museu Casa del Che.
Outro Município é a Villa Carlos Paz, que é pequena e muito acolhedora.

11º Mendoza ( Argentina)

Esse lugar não é só de Vinhos, mas confesso que visitarão em muitas vinícolas, impossível não conhece-las.
Em todos os restaurantes, podemos pedir um bom vinho Malbec com preço muito justo, na verdade o valor da garrafa é o mesmo que 1 litro de cerveja, dai da para ter uma ideia do tanto de vinho que se consome em Mendoza, ou seja, amantes de vinho irão adorar.
Alem desses passeios, tem o pé do Aconcagua que é um passeio lindo. Dentre outros mais existentes por la.

E vocês já foram par alguns desses lugares? Gostariam de conhecer? Se tiver duvida em relação a qualquer um deles é só me escrever.

Abraços e ate a próxima.













terça-feira, 3 de março de 2020

Mendoza, seus encantos e o Sismo


Descobrindo Mendoza


Fazia um tempo que queria conhecer a terra dos vinhos e do famoso Malbec, afinal quando falamos de Malbec, o primeiro lugar que lembramos é Mendoza na Argentina.
Primeiro passo foi consultar os voos, existe voo com escala em Buenos Aires e obviamente o voo o que optamos, ou seja voo direto.
Existem duas companhias aéreas com voos diretos para Mendoza:  A Latam e a Gol, na gol que é minha escolhida sempre, afinal posso pontuar as milhas no Smiles, são dois voos, na quinta e no Domingo.
Optamos por sair na quinta e voltamos no outro Domingo, assim poderíamos fazer mais passeios e conhecer mais vinícolas.
Chegamos em Mendoza e logo vimos como esta barato, afinal um Remis ( Tipo um táxi com melhor qualidade) custa 350 pesos do Aeroporto ao Centro, equivalente a R$ 24,00.

Diferença entre Táxi e Remis:    

O veiculo do Remis não tem uma cor característica, ou seja, pode ser qualquer cor e qualquer carro, normalmente os maiores e em bom estado.
O Remis não possui um taxímetro, ou seja, o valor é combinado previamente, assim como deve ser solicitado via fone ou no balcão do aeroporto na empresa especialidade em Remis, não sendo possível tomar um Remis na rua. 
Outro diferencial é que contratando na empresa é possível pagar no cartão de crédito.
E as tarifas são similares ao Taxi, ou seja, normalmente quando chego no aeroporto, ou saio do hotel para o aeroporto eu chamo um Remis.

Como chegamos relativamente cedo na cidade e tudo funciona até as 21:00hs, uma vez que eles possuem a hora da Siesta ( dormir no meio do dia para descansar após o almoço, geralmente entre 14:00 e 17:00), almoçamos e após as 17:00hs, fomos verificar opções de passeios na cidade.
Acabamos fechando com a Maya Viajes y Turismo,  https://mayasturismo.com.ar/, que nos atendeu muito bem e com preço justo.

Existem diversos passeios para se fazer em Mendoza, inclusive um Free Walking, onde nos reunimos em um ponto da cidade e percorremos a pé, passando por 2 vinícolas, onde podemos saborear um ou dois tipos de vinhos e degustar um pate de azeitonas.



Passeios que realizamos: Alta Montaña con Villavicencio, Cañon del Atuel,  Bodega Full day con Almuerzo, Bodega meio dia 

Primeiro passeio que fizemos foi para Alta Montanha e resolvemos fechar um adicional para Villavicencio, o que achei ótimo, pois fomos por uma Ruta e voltamos por outra. Se fechássemos o passeio separado seria mais cansativo, pois teríamos que ir em dois dias distintos.
Começa em Villavicencio,  e passamos por Potrerillos, Upsallata, Puente del Inca, Mirador del Aconcagua, Las Cuevas e por ultimo o monumento do Cristo Redentor. Onde temos uma vista muito bonita.
Em Las Cuevas, no Cristo Redentor, esta na divisa da Argentina e Chile, a uma altura de 3.175m e tem 3.080m de extensão, onde 1.516 fica no território argentino e 1.564 fica no território chileno.
O Cristo Redentor foi colocado na divisa dos países para selar a paz entre eles.

Em Mendoza os preços dos vinhos são excelentes, tomamos vários,  desde o famoso Malbec até o Carmenere que teoricamente é mais popular no Chile, tudo isso por um preço muito justo, chegando a pagar R$ 10,00 por algumas garrafas no mercado. Nos restaurantes tínhamos vinho a partir de 250,00 pesos, o equivalente a R$ 17,00. Pensando que uma garrafa de 1 litro de cerveja é o mesmo preço nos restaurantes, chegamos a conclusão que realmente os vinhos são demasiadamente muito baratos.

Obs: As fotos não seguem uma ordem de passeios.



                                                    Topo do Aconcágua onde esta a neve




                                               Chamam de Submarino, pois de fato lembra













Na maioria dos passeios fomos pela famosa Ruta 40 que percorre desde a província de Santa Cruz ate a divisa com a Bolívia e também passamos pela Ruta 07.







Usamos esse MendoTrem para visitar a Bodega Lopez que fica em Maipú. Do hotel ate la é muito simples, rápido e barato, além de que na Bodega não cobram a entrada da Visita.Sinceramente foi a Bodega que melhor nos explicou sobre o assunto.





A America do Sul como um todo gosta muito de San Martin e ouvir sobre a história dele, que assim como Simón Bolivar liberaram a America do Sul( Menos o Brasil, Guianas e Suriname) dos Espanhóis é muito interessante.






No dia seguinte decidimos conhecer as vinícolas, pagamos por esse passeio de 03 vinícolas e almoço 4.700 pesos, equivalente a R$ 315,00. Esse foi o passeio mais caro que fizemos. Iniciamos pela Chandon( fica em Lujan de Cuyo), lá descobrimos que alguns tipos de espumante podemos tomar em um copo com gelo, outros podemos tomar em uma taça com gelo e por ai vai. Achei bem produtivo e diferente, pois já estive em vinícolas no Chile e Africa do Sul, e nessa aprendi muita coisa diferente.
Conhecemos também as Vinícolas Norton, Florio, Vistandes





Terremoto




Quando vejo essa foto da loja Luciana, me lembro que no dia 15/01/2020 eu estava na loja ao lado, comprando lembrancinhas, quando senti como se a terra estivesse abrindo, depois do Susto grande, ouvimos pessoas gritando para sairmos para a Rua e eu fiquei parada e tremendo quase debaixo do meu nome, pensando que tudo aconteceu muito rápido.
Passamos por um sismo, ou seja, um tremor de terra, que os espanhóis chamam de temblor .

O sismo nesse dia registrou 4.8 na escala de Ritcher.  










segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

Seguro Viagem ou Seguro Saúde?


Esse post é sobre algo que já vi acontecer com amigos e comigo também, então vou tentar colocar aqui de uma forma resumida tudo sobre seguro viagem. Afinal, quando estamos viajando umas das coisas que não queremos é ter problemas de saúde ou sofrer um acidente, mas acreditem, isso é mais comum do que imaginamos.
Por isso temos que estar preparados se por acaso tivermos o azar de termos que utilizar.
Confesso que eu nunca utilizei, mas quase precisei uma vez, pois por um descuido bobo escorreguei na banheira em Roma minutos antes do meu embarque de volta. Na verdade deveria ter ido ao hospital, mas acabei colocando um curativo ponto falso de farmácia( lá é muito comum vender isso) e embarquei de assim mesmo e chegando no Brasil tive que tomar pontos na testa. Lembrando que nunca se deve embarcar desse jeito. No meu caso eu tinha pressa em voltar e certamente se tivesse ido ao Hospital perderia meu voo, único motivo pelo qual não fui.

Como Funciona o Seguro Viagem

Seria o equivalente a um plano de saúde, porem com vencimento, pois ele somente será válido pelo período que você estipular, dentro das normas do contrato que você adquiriu. É importante adquirir um seguro viagem para não estar descoberto nas viagens. 

Seguro Viagem e Seguro Saúde, qual a diferença?

Seguro Viagem

Protegem  contra possíveis problemas médicos, jurídicos, perda dou extravio de bagagem, perda de documentos, etc. Devido o tratado de Schengen, todos os países da Europa exigem esse seguro para ingressar no País.
Vale lembrar que nos Estados Unidos, o seguro não é obrigatório, assim como na Austrália somente é obrigatório para estudantes. Na America Latina é exigido em países como Equador e Cuba.

Seguro Saúde

É necessário, pois nem todo o país tem sistema de saúde gratuito ou que atenda estrangeiros. O seguro saúde atende emergências médica comum e casos mais graves. E alguns países o seguro saúde é obrigatório.


Onde contratar um seguro Viagem

O seguro viagem deve ser contratado em empresas especializadas em seguro, nos bancos, diretamente na companhia aérea ou agências de turismo. Alguns cartões de crédito também oferecem o seguro viagem, para isso basta se informar se o seu cartão esta disponível, normalmente é liberado a partir da categoria Platinum. Porem é importante saber que normalmente os cartões que disponibilizam o seguro exigem que a compra da passagem seja efetuada com o cartão, antes de mais nada é bom ler todas as regras.

Site da Visa

Site da Mastercard
Outra forma também, que muitos não sabem é contratar pelo seu próprio plano de saúde, para isso, verifique se o plano que possui também da direito a seguro saúde internacional.

É necessário levar a apólice comigo?


Sim, se não quiser leva-la impressa, pelo menos de forma eletrônica, pois alguns países podem exigir na imigração, ou seja, você tendo todas as informações não terá problema, além é claro se precisar em caso de uma emergência.

O que fazer em caso de necessidade

Entre em contato com o número de telefone do seu seguro, passe o numero da apólice e explique o problema. Muito provavelmente a operadora indicará um médico que irá visitá-lo, ou indicará um hospital onde possa iniciar os primeiros socorros.
Lembre sempre, ainda que pareça um gasto desnecessário, nunca sabemos se podemos ter um imprevisto, então melhor sempre contratar o seguro e boa viagem.

Espero ter ajudado e boa viagem

terça-feira, 5 de novembro de 2019

La Bella Itália

                                     Conhecendo a Itália


Um dos meus desejos de viagens, (na verdade tenho vários), sempre foi conhecer a Itália. Até porque tenho uma Tia e um Primo que vive em Bréscia que  esta localizada na região da Lombardia, norte da Itália, próximo a Milão.
Bem, decidimos conhecer bem a Itália, então dedicamos os 13 dias somente para a Itália, iniciando por Milão e terminando em Roma. Em Roma, conseguimos assistir a missa do Papa Francisco de longe, afinal chegamos tarde e já estava lotado, mas eu tive a sorte de na minha frente ter um casal Italiano que acompanhava tudo pelo celular e eu obviamente acompanhava com eles. Não preciso dizer que a sensação de estar lá e poder acompanhar a missa, mesmo que sem ouvir direito é Fantástica.


Vou tentar fazer um pequeno passo a passo do roteiro que fizemos e que por sinal foi ótimo.
Pegamos um voo pela Alitalia São Paulo /Milão, com conexão em Roma.Chegando em Roma a conexão tinha um horário curto, achei super legal que uma atendente da Alitalia nos esperava no portão de desembarque e nos levou ate o embarque que é em outro extremo do aeroporto. Achei isso muito interessante da Alitalia, porque certamente teríamos perdido a conexão. Alias, nessas minhas indas e vindas, descobri que é melhor ficar um pouco no aeroporto aguardando uma conexão, do que ter que sair correndo igual louca para não perder o voo. Já fiz isso outra vez no aeroporto do Panamá e só ouvia nosso nome no alto falante, pois desembarcamos em uns dos primeiros portões e o nosso voo erá no ultimo portão.


Milão



Chegando em Milão nos hospedamos no Hotel Ramada Plaza Milan, ele fica relativamente próximo da estação de metro e em Milão andar de metro é bem simples. Fomos para vários lugares, inclusive para a Piazza del Duomo, onde se encontra a Catedral de Milão. A Catedral é simplesmente linda e tanto de dia como de noite, a praça fica lotada de turistas( estivemos la em Julho - Verão) dai da para ter uma ideia do tanto de gente, ha vários lugares para almoçar e jantar  e com preço justo, claro que do que conheci da Europa ate agora, em Portugal é bem mais em conta, mas contarei no post dedicado a Portugal.
Fomos na Galeria Vittorio Emanuelle, que alias é um dos pontos turísticos em Milão. A Galeria é muito linda, tem varias lojas de calçados, bolsas, artigos de decoração,  roupas , até comprei uma gravata de presente, por um preço bem ok. (Afinal estava em Milão, capital da Moda).
A Galeria foi projetada em 1865 pelo arquiteto Giuseppe Mengoni, que acabou caindo do telhado e morrendo antes da inauguração da obra em 1877.
Algo bem legal é o chão, decorado com mosaicos com os signos do Zodíaco e fica uma fila de pessoas para girar o calcanhar em um pequeno declínio em formato de um touro que diz a lenda que dá sorte. Pelo sim pelo não, fiz isso também.
Na Piazza varias vezes vieram algumas pessoas com uma fitinha para colocar no seu braço e ai obviamente você terá que dar dinheiro, então melhor já recusar de cara, porque eles ficam enchendo para colocar a pulseira. 

                                                            Duomo de Milano



                                                      Galeria Vittorio Emanuelle



                                                       Loja da Moleskine em Milão




Verona


Pegamos o Trem na Estação Central de Milão e fomos direto para Verona.
O Trem passa pela cidade de Bréscia. Gastamos entre ida e volta 30,00 euros. Existe um trem mais caro, mas sinceramente, como estávamos sem bagagem e somente fomos passar um dia em Verona, ele foi excelente. Se bem que muitas pessoas pegaram o trem com malas também e é super tranquilo.
Chegando em Verona, fomos conhecer a cidade onde existe a Arena de Verona, um anfiteatro, nos moldes do Coliseu e algumas vezes acontecem shows no local. Próximo a arena tem uma feirinha de artesanato. Estivemos também na casa da Julieta onde podemos conhecer a casa por dentro pagando 8,00 euros ou somente ficar na parte de fora, onde tem uma estatua da Julieta. Existe uma tradição de tirar uma foto com a Julieta passando a mão em seu seio. Ele já esta ate mais gasto, pois fica lotado de pessoas. Defronte a casa da Julieta existe uma lojinha de presentes com preços ótimos. comprei muita lembrancinha lá, inclusive o Pinocchio.
Almoçamos na Piazza Delle Erbe, que possui vários restaurantes ao redor. As ruas de Verona são pequenas e a cidade é uma graça.
Não deixe de provar o Spritz. Famoso drink feito a base de Aperol e Laranja.
Não deixe de fazer o passeio de barco no Lago de Garda, pois é maravilhoso, ale, de ser linda a região.


Veneza


Fomos para Treviso onde nos hospedamos no hotel BHR Treviso, não ficamos em Veneza por ser alta temporada, então ficamos próximo,  sem contar que como fazemos a travessia por barco, acaba sendo burocrático atravessar com malas e sair caminhando pelas pequenas ruas de Veneza com mala de rodinhas.
Estivemos também na famosa Piazza San Marco, alias a única praça de Veneza, as outras são Piazzales.  A Piazza é repleta de turistas e  fotógrafos.  Próximo está também, a Basílica de São Marcos, a Torre do Relógio de São Marcos, etc.
Se perder pelas pequenas ruas de Veneza é muito interessante ( quero voltar e ficar hospedada em Veneza na próxima vez), e quando digo se perder é literalmente, pois são tantas ruazinhas tortas que acabávamos nos perdendo. Existem diversas lojas, restaurantes, cafés. Um excelente local  para comprar Souvenirs e tomar um Gelato al Pistacchio.



Caminhando pelas ruas, sempre encontramos os canais onde podemos ver passar as Gôndolas com alguém cantando. Todos param para apreciar, afinal é lindo e no fim todos batem palmas.
Como digo sempre, o povo italiano é bem autentico e animado.
O passeio de Gôndola em Veneza ao contrário do que dizem não é tão cara, quer dizer, obvio que estamos pagando em Euro, mas temos a teoria de 'quem converte não se diverte', logo, pensando em Euros até que é um preço razoável. Na verdade pagamos 100 Euros em 5 pessoas. O preço na verdade é 'tabelado".

Firenze


Chegamos em Firenze e nos hospedamos no NIL Hotel.
Saímos para conhecer um pouco da cidade, que aliás estava muito lotada. A aproximadamente há cem metros da Piazza della Signoria, esta localizada a famosa Ponte Vecchio. Nessa região existem muitos ourives e Joalherias.


Roma


Ficamos hospedados no Hotel Ergife Palace
Roma é uma cidade muito bonita com muitas coisas para conhecer. Incrivelmente eu imaginava que alguns pontos turísticos famosos ficavam longe do centro, como por exemplo o Coliseu, mas na verdade ele fica no centro. No Coliseu pegamos uma fila enorme e muita gente, pois além de ser  ponto turístico, fomos no verão.








sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Milhas Aéreas

Compensa Juntar?


Vou colocar aqui um assunto polemico. Várias pessoas que converso me dizem que não usam milhas ou quando utilizam as milhas do cartão resgatam produtos. Eu quase morro quando ouço isso, pois eu uso minhas milhas única e exclusivamente para viajar mais.

Você tem várias formas de juntar milhas:


* Acumulando no cartão de crédito, a maioria dos cartões de banco possui isso.
* Acumulando nas viagens aéreas que realiza com companhias parceiras do programa.
* Realizando compras em lojas parceiras dos programas de milhagem
* Assinando algum clube de program de fidelidade

Melhor programa de Fidelidade


Antes de qualquer coisa você terá que se cadastrar em algum programa de fidelidade.
Hoje temos o Smiles  (Gol), Latam Pass( Antigo Multiplus - Latam), Tudo Azul( Azul).
Lembrando que cada uma dessas empresas tem companhias aéreas parceiras e obviamente você deverá escolher conforme a companhia que mais lhe agrada e também sempre lembrar das parceiras.

Eu possuo Latam Pass e Smiles, mas minha preferencia é totalmente pela Smiles, primeiro porque nunca tive problema com a Gol, então passou a ser minha preferida, segundo porque já voei pela TAP, Aerolienas Argentinas, Alitalia,  Qatar Airways, South África, todas companhias parceiras da Smiles,  e terceiro porque possuo os cartões Smiles. Mas você poderá escolher o que for melhor, porém aconselho sempre se cadastrar no mínimo em duas, pois às vezes você poderá encontrar voo mais barato por uma companhia aérea que não faz parte do seu programa de milhagens favorito, e ainda assim  poderá pontuar também. Porem no caso para o outro programa.

Cartão de Crédito


Uma ótima oportunidade também é o cartão de crédito. Eu centralizo tudo em compras no cartão de crédito, não pago nada no débito, justamente para acumular mais milhas, mas, alem disso, tem que verificar qual o cartão que te fornece mais pontos.
Por exemplo, eu possuo dois cartões Smiles; sendo um Mastercad e um Visa. O Mastercad Platinum me dá 2.2 milhas a cada dólar gasto e o Visa Infinite me dá 2.5 milhas a cada dólar gasto. Já tive cartão que me dava 1.0 ou 1.5 milhas a cada dólar gasto, e obviamente cancelei, pois demorava muito para acumular milhas.
Por isso é importante verificar quanto seu cartão lhe dá, para que possa escolher o melhor, mas tendo em mente que a sua ideia é pontuar milhas e viajar "de graça".

Como usar as milhas

Fique sempre atento no seu programa de milhagens, pois as milhas vencem e já que você quer juntar não pode perder de bobeira.
No meu caso, por possuir o cartão Smiles, viajar com empresas parceiras Smiles e concentrar todos meus gastos no cartão de crédito Smiles eu estou no Plano Ouro, indo para o Diamante.

Como emitir a passagem 

Normalmente a Smiles te envia vários em-mails de ofertas de passagens, mas você pode também verificar no site  https://www.smiles.com.br/home assim como também pode verificar nos sites
https://www.pontosmultiplus.com/pt_br/cadastro/dados e https://tudoazul.voeazul.com.br/web/azul/clube
Claro que os melhores pontos nem sempre serão para a data que você quer viajar, mas se você pode viajar em qualquer data terá mais vantagens, mas se não, você poderá escolher seu destino com antecedência e certamente também sairá ganhando muito.
Para ter uma ideia, eu consegui uma vez passagens para Córdoba e Rosário na Argentina com 11.000 milhas ( Ida e Volta) cada uma.
Recentemente comprei para Montevidéu por 34.000 milhas, mas para o feriado, então se você não for em temporada e feriados conseguirá passagem mais baixa, mas nada impede que você também as utilize nessas épocas, como eu costumo fazer.
Obviamente que não estou incentivando ninguém a gastar além do que pode no cartão para juntar milhas e nem sair comprando por comprar qualquer coisa para acumular pontos, mas se você já iria comprar algo e ainda esta ganhando com isso, então já valeu a pena. Esse é meu pensamento.
Vou dar um exemplo do Smiles, que é o que mais uso, mas novamente pode utilizar o programa e milhagem de sua preferencia
Entre no site https://www.smiles.com.br/home, depois de logar clique em viajar, buscar voos, coloque o seu aeroporto de embarque e o do seu destino, escolha a data de ida e de volta e veja os valores de cada trecho.
Cliente Clube Smiles ou Diamante ainda tem um desconto na emissão do bilhete.
Também tem a opção de usar menos milhas e pagar a diferença, mas seja para qualquer caso, sempre olhe antes no site da Companhia aérea o valor cheio da passagem para ter certeza que esta compensando as milhas, afinal não é porque você "não paga as milhas" que você irá joga-las fora.

Espero ter ajudado um pouco, mas se tiver duvidas pode entrar em contato deixando uma mensagem aqui ou pelo Instagram.

terça-feira, 29 de outubro de 2019

Qual maior gasto na Viagem: Passagem ou Hotel?


Um dos maiores gastos em uma viagem é a passagem, pois o gasto com hotel é relativo.
Podemos ficar desde um Hostel ate um Hotel 5 estrelas, ai vai da possibilidade de cada um, ou do quanto cada pessoa quer investir no conforto, na comodidade, etc.
No caso da passagem tem um preço fixo e não tem como mudar muito, a não ser a diferença de preço entre as companhias aéreas e também em relação a classe ( Executiva, Econômica ou 1ª classe), ou quando nos antecipamos na hora de comprar a passagem e nesse caso tentar "baratear" um pouco mais.
Pensando nisso, vou colocar aqui algumas pequenas dicas, já que eu mesma faço esses levantamentos quando estou planejando minha próxima viagem.

Confira nesse post algumas dicas:

Viagem Internacional

Requer um pouco mais de tempo de antecedência  na compra da passagem de que o planejamento para uma viagem Nacional.
Outro ponto muito importante é a temporada: Obviamente na alta temporada você irá pagar mais do que na baixa.
Por exemplo: Se você quiser conhecer a Itália e planejar sua viagem nas férias de Julho, ou ate mesmo nos meses de Junho e Agosto, você irá pagar muito mais caro que se você viajar no mês de Janeiro, Dezembro ou Fevereiro, isso porque os meses de Junho, Julho e Agosto é de alto verão na Europa e como a procura é maior, o preço é bem maior também. Assim como, se por exemplo você quiser ir para o Vale nevado no Chile, ou Bariloche na Argentina em Julho, pagará muio mais caro do que se for em Janeiro, justamente porque Julho é alta temporada de Inverno no Hemisfério Sul.

Viagem Nacional

Em se tratando de Nordeste, obviamente é mais caro em Janeiro por ser verão no Brasil do que em Julho, assim como Gramado na região Sul do país é mais caro em Julho do que em Janeiro, pois é inverno no Brasil. 
Lembrando que no caso do Nordeste qualquer mês ou época, é ótimo para viajar porque sempre é quente, ou seja, nesse caso se puder pagar menos na baixa temporada é melhor.

Horário do Voo

Também sabemos que embarque pela manhã é bem mais caro do que após as 18:00 horas e os voos noturnos após as 21:00 são ainda mais baratos, ou seja, mais um ponto para quem quer economizar e não se importa de viajar a noite.


Data do Embarque

É sabido que o embarque nos fins de semana é bem mais caro que durante a semana, mas as melhores datas para embarque são: Segunda feira, Terça feira e Quarta feira. Em relação ao fim de semana, o dia mais caro é o Sábado em relação a Domingo e Sexta.

Data da compra da Passagem 

Esse é outro ponto importante. Segundo estudos, as Quartas feiras e Quintas feiras você encontrará mais promoções do que se acessar o site da companhia aérea no final de semana por exemplo.
Mas pode acontecer obviamente de você acessar em um fim de semana e encontrar mais barato. O que ocorre também é conforme pesquisamos muito, às vezes o valor muda, isso  se deve ao fato de alguns algoritmos da Companhia aérea identificarem a grande procura da passagem naquele dia e com isso o valor aumenta. Eu já vi isso varias vezes quando estava buscando passagem pelo notebook e pelo celular ao mesmo tempo e vi que cada um possuía um valor.

Voo direto ou com conexão 

Obviamente o voo com conexão sai´ra mais barato, mas você também "perderá" mais tempo para chegar ao seu destino. Ai vai depender de quantos dias você dispões para viajar e também de quanto quer economizar na viagem.

Stopover

O que eu recomendo quando você for escolher um voo com uma escala ou conexão é verificar se a companhia aérea tem a opção de Stopover, pois assim se você tiver alguns dias a mais de ferias, você poderá aproveitar uns dias em outro país. O Stopover nada mais é que do que dois destinos pelo preço de um. Mas antes é bom verificar se a companhai aérea que você ira viajar tem essa possibilidade de fazer uma parada, pois isso depende da companhia aérea e também antes de comprar a passagem você já deve incluir o stopover, não tendo essa possibilidade depois.
Se quiser mais detalhes, de uma lida no post de Doha que conto um pouco sobre o stopover que fizemos no Qatar quando formos para a Turquia com a Qatar Airways.

Escala e Conexão 

A diferença entre elas é que na ESCALA, o avião  aterrissa em uma ou mais cidades antes de chegar ao destino, normalmente para embarcar ou desembarcar passageiros ou até mesmo para abastecer. Não havendo a necessidade de trocar de avião. 
No caso da CONEXÃO, o passageiro desembarca na cidade que o avião fez a pausa e embarca em outro avião para continuar o percurso ate seu destino final.
Bem, com base nessas informações, já que fica mais fácil você planejar sua próxima viagem e também descobrir que vários fatores podem alterar o valor da passagem, então uma dica para quem viaja com frequência e já tem uma ideia de preços de passagem é  quando achar que o preço está bom já comprar para não passar nervoso depois.

Abraços e até a próxima dica ou viagem.

sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Dicas dos Terminais em um dos maiores Aeroportos da America Latina - GRU ( Guarulhos)

Para não se perder mais no GRU 


Conheço muita gente que vai para o terminal errado e ai sai correndo pelo aeroporto que é gigantesco, com mala, mochila, carrinho,  para não perder o voo e chegar no terminal correto. 
Eu mesma já fiz isso algumas vezes e para que mais gente não fique correndo assim como doido no meio do aeroporto antes do embarque vou deixar aqui umas dicas básicas para facilitar a todos.

Vamos começar pela sigla do aeroporto de Guarulhos, quando compramos a passagem saindo de São Paulo, sempre vemos CGH ou GRU e as vezes algumas pessoas querem sair por um aeroporto e acabam saindo pelo outro porque não conhecem as siglas, então vamos la:

CGH = Aeroporto de Congonhas

GRU = Aeroporto de Guarulhos

Sabendo isso, agora temos que identificar em qual terminal devemos embarcar e depois dessa dica ficará bem mais fácil.

O GRU Airport possui três terminais de passageiros, alem de um terminal de carga e cada um deles é identificado por uma cor o que também facilita bastante, quando estamos dentro do aeroporto.

Terminal 1: Cor Azul
Terminal 2: Cor Laranja
Terminal 3: Cor Magenta
Terminal de Cargas: Cor Verde


Existe também uma outra forma de identificar em  qual  terminal esta localizado o portão do seu voo antes de embarcar, pois o numero dos portões inicia com o numero correspondente ao terminal. E também a letra do Check in identifica os terminais. Ex: 

Portão 101 = Terminal 1
Portão 201 = Terminal 2
Portão 301 = Terminal 3

Bem  agora vamos identificar as letras do Check in:
Check-in A = Terminal 1
Check -in B, C, D e E = Terminal 2
Check- in F, G e H = Terminal 3

Somente com isso, já fica  mais fácil para não nos perdermos no Aeroporto, mas vamos também identificar em quais terminais estão as companhias aéreas e assim tenho certeza que nunca mais vamos sair correndo pelo aeroporto.

Terminal 1
Portões de 101 à 109
Check in A
Cia aérea: Azul



Terminal 2
Portões: 201 à 246
Check in B, C, D e E
Cias aéreas: Aerolineas Argentinas, Aeroméxico,  Air Europa, Austral Líneas Aéreas, Avianca, Boliviana de Aviación, Copa Airlines,  Cubana de Aviación, Delta Airlines, Ethiophian Airlines, Gol, Latam ( somente voos nacionais), Oceanair, Passaredo, Royal Air, Maroc, Taag e Taca.



Terminal 3
Portões 301 à 326
Check in F, G e H
Cias aéreas: Air Canada, Air China, Air France, Alitalia, American Airlines, British Airways, Emirates, Etihad Airways, Iberia, KLM, Korean Air, Latam ( Voos Internacionais), Lufthansa, Qatar Airways, Singapore Airlines, South Africa Airways, Swissair, TAP, Turkish Airlines, United Airlines 


Com essas informações, eu posso assegurar que ninguém mais vai se perder ou ate mesmo perder o voo.

Forte abraço.

Luciana