quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Pequeno Guia de Bagagens



Hoje vou falar um pouco sobre a bagagem que levamos nas viagens de avião.

Claro que tem pessoas que não curtem despachar bagagem, ou porque tem receio que possa extraviar, ou porque não quer pagar as taxas para despachar, que na verdade são altas mesmo, mas obviamente dependendo da viagem e tempo que vá permanecer, é inevitável e precisamos levar pelo menos uma mala, então com base nisso vou deixar aqui algumas pequenas dicas.

Vamos começar pelos itens que devemos ter cuidado e sempre devem estar conosco e não devem ser despachados:

- Itens de valor: Notebook, Máquina fotográfica, Tablet, eletrônicos em geral, dinheiro, Jóias , Documentos, Passaportes.


Bagagem de mão: O passageiro tem direito a uma bagagem de mão de até 10kg. Atualmente se a mala não estiver dentro do tamanho correto, a companhia aérea pode despacha-la e será cobrado por isso, então vamos as medidas corretas, para não termos problema com isso.
Tamanho máximo de 55 cm de altura, 40 cm de largura e 25 cm de profundidade.
Também é possível embarcar com uma mochila e a mala de até 10 kilos dentro do padrão, mas as vezes a Companhia aérea cisma com pequenas coisas, como uma vez que embarquei com uma bolsa em forma de mochila, com uma mochila nas costas e com uma mala de 10 kg e o rapaz do embarque cismou que eu deveria despachar a mala.

Não é necessário que você apresente a bagagem de mão na hora do check in, porem, a companhia aérea poderá solicitar para conferir na hora do embarque, então sempre esteja de acordo com o permitido.

Bagagem Despachada: No Brasil é permitido  a franquia de 23kg.
Em voo Internacional vai depender da companhia aérea que você esta viajando. Mas normalmente é permitido despachar 2 malas de 23kg cada ou até 32kg cada. Isso na franquia de quantidade, mas na franquia de peso, normalmente não pode exceder 40kg na primeira classe, 30 kg na classe intermediaria e 20 kg na classe econômica.

* O que não é permitido levar na bagagem de mão   

Objetos pontiagudos, tais como tesouras, canivetes, alicates de unha, faca.
Líquidos, cremes, shampoos somente que não ultrapassem 100ml, lembrando que os frascos acima de 100 ml não podem ser transportados, mesmo se o frasco não estiver cheio.
Tripe e pau de Selfie, devem ser despachados também e não devem ser levados na bagagem de mão.

Os líquidos adquiridos no Duty Free ( Shampoos, Perfumes, bebidas, etc) podem ser levados a bordo mesmo que excedam o limite estipulado, desde que estejam lacrados na sacola do Duty Free.

Identificação nas malas:

Sempre identificar a mala, com uma fita, um adesivo e principalmente com nome e telefone, pois eu mesma já presenciei um caso de mala extraviada que foi regularizada com um simples telefonema para a pessoa.
Lembrando que a etiqueta colocada no check in as vezes pode se desprender da mala e com isso se por acaso ela extraviar ( como já vi também cair do carrinho que estava saindo do avião), não terá como identificar.
Evite também fazer o check in muito próximo do horário de embarque. Alem disso, mantenha na mala somente a etiqueta do voo em questão.
Se possível coloque uma capa na mala, pois alem de proteger também acaba diferenciando de todas as malas iguais.
 

O mais importante: Armas de Fogo ou simulacro, substâncias explosivas ou inflamáveis são itens proibidos.

Até a próxima e quem sabe nos veremos por ai  :)


terça-feira, 10 de setembro de 2019

Eurásia - Um pouquinho da Turquia



Planejando a viagem, decidi que seria melhor embarcarmos com a Qatar airways assim poderíamos acumular milhas, pois é parceira Smiles ( sou a maluca das milhas).
Feito isso foi a vez de aproveitar o Stopover (uma parada no meio da viagem no país de origem da cia aérea).

Como funciona o Stopover?



No caso da nossa viagem, íamos para a Turquia, mas como fomos pela Qatar airways, o voo era Guarulhos / Doha, sendo assim, como tem a conexão, podíamos escolher ficar uns dias em Doha. Importante lembrar que já tem que ter isso definido quando emitir as passagens. Nós emitimos com o stopover na Volta, ou seja,  você leva as malas e depois embarca novamente na data combinada. No nosso caso saímos de Istambul no dia 28/07 e ficamos em Doha e somente pegamos o voo de Doha / Guarulhos em 31/07( Contarei sobre Doha em outro post).
Resumindo o Stopover é uma parada no meio da viagem, quando o passageiro passa um tempo na cidade da conexão. O tempo depende de cada Cia aérea, no caso da Qatar o máximo é 96 horas.

1º Destino: Turquia

O nosso voo durou 18  horas, sendo 14 horas até o Qatar e mais 4 horas até a Turquia. Fora o tempo de espera no aeroporto em Doha. A proposito, a Qatar Airways tem um serviço que leva na madrugada as pessoas para fazer um tour em Doha enquanto aguarda o próximo voo.

Ficamos no total 10 noites na Turquia, sendo: 04 em Istambul, 01 em Çanakkale, 01 em Kusadasi, 01 em Pamukkale, 02 na Capadócia e 01 em Ankara.

Chegamos em Istambul e nos hospedamos no Hotel Yigitalp, próximo de uma Mesquita, alias em Istambul existem cerca de 3.000 mesquitas. Não utilizamos táxi para nos locomover, apenas caminhamos e pegamos o metro. Fomos para o Grand Bazaar caminhando, pois o hotel esta localizado no centro histórico de Istambul, e fica a apenas 15 minutos de la. Gostamos da acomodação e a localização do hotel.

Grand Bazaar: Um labirinto de lojas, mais de 4.000, onde podemos encontrar tudo que a Turquia tem, como Luminárias( lindas trouxe duas), louças, cerâmicas, joias, Narguilés, penduricalhos, capa de almofada, caminho de mesa e tapetes dentre outras coisas.
Os vendedores literalmente estendem o tapete para que você possa entrar nas lojas e comprar. Eu já fui para la certa que traria um tapete de Kilim ( palavra turca que significa dupla face) e acabei comprando um por USD 500,00, mas foi com muito choro, pois o preço inicial era USD 850,00, isso somente prova o que todos dizem, na Turquia tem que barganhar, ou perderá dinheiro. é fato que por ser a primeira opção dos turistas, o Grand Bazzar é mais caro que as lojinhas espalhadas por Istambul, mas se você barganhar muito,  pagara o mesmo preço, ou até um pouquinho menos.  Só para ter uma ideia fomos na fabrica de tapetas na Capadócia e os tapetes eram cobrados em Euro e bem mais caros.

Taksim: A rua Istiklal Caddesi é a parte mais moderna de Istambul, uma rua com grande movimento, onde encontramos bares, cafés, restaurantes e lojas de marca ( Sephora, Mango, etc.), uma rua somente para pedestres, alem do Bondinho. Um charme na verdade.





Torre de Gálata: Fica próximo da Taksim, mas como fomos em época de férias a fila para subir é gigante e preferimos ficar em um bar próximo tomando a Cerveja EFES, por sinal muito boa.



Estreito de Bósforo: O Bósforo marca o limite dos continentes asiático e Europeu  na Turquia. Tem comprimento de aproximadamente 30km e largura de 550 a 3.000m.  Existem diferentes formas de navegar no Bósforo, um dos passeios  faz a travessia apenas  de um lado a outro e custa 5 liras para ir e mais 5 liras se caso for voltar. Nós preferimos o passeio turístico que custa 25 liras. Pegamos o barco as 19:55. Dentro do barco eles vendem sanduíche e Çayi( Chá turco).  Existe também um passeio turístico com danças típicas e jantar, obviamente esse é bem mais caro.
                    
                                                                Ataturk Bridge  


                                         
                                                              Palácio Dolmabahçe







                                                           Mesquita de Ortakoy



Restaurantes: 


House of Medusa: Excelente ambiente, muito bem localizado, muito próximo da Cisterna ( Yerebatan Saray) da Basílica de Santa Sophia , comida maravilhosa,  excelente atendimento e preço justo.



Na mesma rua, o restaurante Arden City do Chef Ali Varlik é maravilhoso e fica na cobertura do Hotel( endereço no cartão).



Vale a pena conferir e tirar uma fotinho com ele, que por sinal é muito simpático e extremamente atencioso.





Cisterna ( Yerebatan Saray): Onde ficava a água represada que alimentava os sistemas da cidade.
São 336 colunas romanas procedentes de templos pagãos da anatólia, a maioria de Ordem Coríntia.





Dentro da Cisterna existe uma coluna que segundo contam, devemos colocar o dedão e girar para nos trazer sorte. Pelo sim ou pelo não, fizemos isso. :)



                                   Um pouco mais de Istambul, lugar maravilhoso que amei.

                                                                     Antigo Bazar



                                             Uma das milhares de Mesquitas de Istambul 


Santa Sophia ou Hagia Sophia

A Santa Sophia  é uma igreja do império Bizantino, foi construída em 532 e 537 para ser a catedral de Constantinopla, atual Istambul. Entre 1453 e 1931 virou uma mesquita e reabriu em 1935 como Museu.
Ela inclusive serviu de modelo para a Mesquita Azul.
A Santa Sophia é famosa pelo mosaico que representa












Mesquita Azul: A Mesquita Azul é uma mesquita Otomana de Istambul e esta localizada na praça de Sultanahmet  situada em frente da Basílica de Santa Sofia, somente separadas por imenso espaço com jardim. A  Mesquita foi construída entre 1609 e 1616.
A Mesquita na verdade não é Azul, apenas é chamada de azul devido os azulejos que decoram o interior. Ela possui mais de 200 janelas. Ela esta aberta a visitação, mas sempre respeitando os horários de oração, assim como qualquer outra mesquita. A entrada é gratuita, mas lembre sempre que as mulheres devem cobrir os cabelos e o colo, assim como também  não é permitido entrar de short ou bermuda, nem para os homens. 
Mas se precisar eles emprestam uma saia e um lenço azul para os cabelos.





Fomos rumo a  Çanakkale: De Istambul a Çanakkale são aproximadamente 300 km, fazendo  a travessia em um ferryboat pelo estreito de Dardanelos, pode atravessar de carro, ônibus ou a pé. No Ferry tem banheiro, mas sinceramente não conseguimos usar.
Fomos com uma agencia da Turquia chamada Meridian Tours. Eles são excelentes, um guia Mustafá nos acompanhou o trajeto todo e super valeu a pena.




Ficamos hospedados no Hotel Parion por uma noite. Depois do Jantar fomos para uma avenida próxima ao mar que tem uma grande estatua do cavalo de Troia. Nesse local tinha também um festival com musica e dança tipica de vários países.


Saímos rumo a Izmir, então passamos em Troia que fica a 31km de Çanakalle, no caminho para Izmir.
Fomos no famoso sítio arqueológico de Troia. Caminhando por la, podemos ver algumas placas e identificar o que foi Troia I, Troia II, Troia III e Troia IV, pois a cidade era destruída e sempre se reerguia.
Em Izmir, ficamos hospedados no Hotel Kaya Thermal apenas para pernoitar e no dia seguinte após o café já saímos para conhecer Ephesus.

Ephesus 

A cidade onde está localizada as ruínas mais importantes da Turquia. Ephesus era uma cidade muito importante no mundo antigo. Foi construída no século X a.c. Também é famosa pela vinda de São Paulo que utilizou a cidade como o principal lugar para expandir o cristianismo para a Grécia e cidades próximas.
Passeando pelas ruas, podemos identificar ruas feitas de mármores, a Biblioteca de Celso, o Grande Teatro. A cidade foi destruída por um forte terremoto e em seguida reconstruída. Ela é muito visitada pois todos querem saber sobre a historia e a cultura do local.



Escultura da Deusa da Victoria



A casa da Virgem Maria, onde muitos turistas colocam pedidos na parede.








Hierápolis e Pamukkale

Hierápolis foi uma antiga cidade localizada no vale do rio Lico. Suas ruínas ficam ao lado de Pamukkale.





Pamukkale

É um conjunto de piscinas termais de origem calcária, porem estivemos em Julho e por ser um grande ponto turístico é bem difícil de usufruir as piscinas, sem contar que nessa região é bem mais quente.





Depois de passarmos por Ephesus, Hierápolis e Pamukkale nos hospedamos no Hotel Hierapark.
Depois do jantar fomos passear no centrinho da cidade e confesso que foi o local onde encontrei mais coisas baratas para comprar. Calças Turcas, e principalmente colar e brinco de prata.

Capadócia

Nos hospedamos no Hotel Dinler, ficamos la por 3 dias e 2 noites. 
Mas o mais esperado era o passeio de balão. Depois dos atentados que ocorreram na Turquia por volta de 2015 e 2016, o turismo dos chineses aumentou muito por la, alias, vemos muitos grupos de chineses e as agencias que realizam o passeio de balão virou monopólio deles. Segundo o Mustafa nos contou, ja existe um processo para que as empresas da Turquia voltem a ter os passeios também, mas enquanto isso, ficamos nas mãos deles. E com isso ficamos sabendo de vários passeios que foram cancelados porque obviamente as empresas dão preferencia aos turistas chineses, mas por sorte e graças a agencia que contratamos la a Meridian Tours que é bem forte la, nosso passeio saiu.
Esse passeio foi uma grande experiencia que tivemos la. o Custo é um pouco alto, mas confesso que vale a pena.
O Passeio custa € 200,00 por pessoa. Cabem em torno de 28 pessoas no balão, alem de 02 baloeiros que vão junto.
No nosso balão existiam 03 botijões de gás. E eu estava bem ao lado deles, ou seja, apesar de sairmos pela madrugada, já que passam no hotel as 04:00 da manha, e obviamente esse horário ainda esta frio, no balão fica bem quentinho, devido o fogo acima de nós.

Quando começam a encher os balões, ainda é madrugada.





Vista de outros balões, sobem em torno de 100 por dia.






Em terra firme, apreciando os balões




Ankara

Fomos para Ankara para visitar o Mausoleu do Ataturk, e ele esta localizado la, por ser a Capital do País.Em Ankara nos hospedamos no Hotel Movenpick.
O Mausoléu de Mustafa Kemal Ataturk, o fundador e primeiro presidente da República da Turquia. O Mausoléu chama Anitkabir e oculta um grande número de mistérios nas suas profundezas.
Trata-se de um mausoléu com 150 mil toneladas de peso, cuja construção começou em 9 de Outubro de 1944 e que foi finalizado no dia 01 de Setembro de 1953. O Anitkabir esta cheio de significados especiais, desde as suas esculturas ate os ornamentos e os seus relevos.
Temos o Caminho dos Leões - Os 24 leões, situados à esquerda e a direita conduz ate o tumulo de Ataturk.
O Anitkabir é composto pelo caminho dos leões, pelo Pátio Cerimonial e pelo mausoléu.
O Parque da Paz rodeia o monumento. Este parque diz respeito a famosa frase de Ataturk " Paz em casa, paz no mundo"

A sala onde esta o corpo e Ataturk não é permitida a entrada, mas podemos ver por uma câmera



Foto de Ataturk












Em um próximo post vou contar sobre as 03 noites que ficamos em 

Doha( Qatar)