terça-feira, 29 de outubro de 2019

Qual maior gasto na Viagem: Passagem ou Hotel?


Um dos maiores gastos em uma viagem é a passagem, pois o gasto com hotel é relativo.
Podemos ficar desde um Hostel ate um Hotel 5 estrelas, ai vai da possibilidade de cada um, ou do quanto cada pessoa quer investir no conforto, na comodidade, etc.
No caso da passagem tem um preço fixo e não tem como mudar muito, a não ser a diferença de preço entre as companhias aéreas e também em relação a classe ( Executiva, Econômica ou 1ª classe), ou quando nos antecipamos na hora de comprar a passagem e nesse caso tentar "baratear" um pouco mais.
Pensando nisso, vou colocar aqui algumas pequenas dicas, já que eu mesma faço esses levantamentos quando estou planejando minha próxima viagem.

Confira nesse post algumas dicas:

Viagem Internacional

Requer um pouco mais de tempo de antecedência  na compra da passagem de que o planejamento para uma viagem Nacional.
Outro ponto muito importante é a temporada: Obviamente na alta temporada você irá pagar mais do que na baixa.
Por exemplo: Se você quiser conhecer a Itália e planejar sua viagem nas férias de Julho, ou ate mesmo nos meses de Junho e Agosto, você irá pagar muito mais caro que se você viajar no mês de Janeiro, Dezembro ou Fevereiro, isso porque os meses de Junho, Julho e Agosto é de alto verão na Europa e como a procura é maior, o preço é bem maior também. Assim como, se por exemplo você quiser ir para o Vale nevado no Chile, ou Bariloche na Argentina em Julho, pagará muio mais caro do que se for em Janeiro, justamente porque Julho é alta temporada de Inverno no Hemisfério Sul.

Viagem Nacional

Em se tratando de Nordeste, obviamente é mais caro em Janeiro por ser verão no Brasil do que em Julho, assim como Gramado na região Sul do país é mais caro em Julho do que em Janeiro, pois é inverno no Brasil. 
Lembrando que no caso do Nordeste qualquer mês ou época, é ótimo para viajar porque sempre é quente, ou seja, nesse caso se puder pagar menos na baixa temporada é melhor.

Horário do Voo

Também sabemos que embarque pela manhã é bem mais caro do que após as 18:00 horas e os voos noturnos após as 21:00 são ainda mais baratos, ou seja, mais um ponto para quem quer economizar e não se importa de viajar a noite.


Data do Embarque

É sabido que o embarque nos fins de semana é bem mais caro que durante a semana, mas as melhores datas para embarque são: Segunda feira, Terça feira e Quarta feira. Em relação ao fim de semana, o dia mais caro é o Sábado em relação a Domingo e Sexta.

Data da compra da Passagem 

Esse é outro ponto importante. Segundo estudos, as Quartas feiras e Quintas feiras você encontrará mais promoções do que se acessar o site da companhia aérea no final de semana por exemplo.
Mas pode acontecer obviamente de você acessar em um fim de semana e encontrar mais barato. O que ocorre também é conforme pesquisamos muito, às vezes o valor muda, isso  se deve ao fato de alguns algoritmos da Companhia aérea identificarem a grande procura da passagem naquele dia e com isso o valor aumenta. Eu já vi isso varias vezes quando estava buscando passagem pelo notebook e pelo celular ao mesmo tempo e vi que cada um possuía um valor.

Voo direto ou com conexão 

Obviamente o voo com conexão sai´ra mais barato, mas você também "perderá" mais tempo para chegar ao seu destino. Ai vai depender de quantos dias você dispões para viajar e também de quanto quer economizar na viagem.

Stopover

O que eu recomendo quando você for escolher um voo com uma escala ou conexão é verificar se a companhia aérea tem a opção de Stopover, pois assim se você tiver alguns dias a mais de ferias, você poderá aproveitar uns dias em outro país. O Stopover nada mais é que do que dois destinos pelo preço de um. Mas antes é bom verificar se a companhai aérea que você ira viajar tem essa possibilidade de fazer uma parada, pois isso depende da companhia aérea e também antes de comprar a passagem você já deve incluir o stopover, não tendo essa possibilidade depois.
Se quiser mais detalhes, de uma lida no post de Doha que conto um pouco sobre o stopover que fizemos no Qatar quando formos para a Turquia com a Qatar Airways.

Escala e Conexão 

A diferença entre elas é que na ESCALA, o avião  aterrissa em uma ou mais cidades antes de chegar ao destino, normalmente para embarcar ou desembarcar passageiros ou até mesmo para abastecer. Não havendo a necessidade de trocar de avião. 
No caso da CONEXÃO, o passageiro desembarca na cidade que o avião fez a pausa e embarca em outro avião para continuar o percurso ate seu destino final.
Bem, com base nessas informações, já que fica mais fácil você planejar sua próxima viagem e também descobrir que vários fatores podem alterar o valor da passagem, então uma dica para quem viaja com frequência e já tem uma ideia de preços de passagem é  quando achar que o preço está bom já comprar para não passar nervoso depois.

Abraços e até a próxima dica ou viagem.

sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Dicas dos Terminais em um dos maiores Aeroportos da America Latina - GRU ( Guarulhos)

Para não se perder mais no GRU 


Conheço muita gente que vai para o terminal errado e ai sai correndo pelo aeroporto que é gigantesco, com mala, mochila, carrinho,  para não perder o voo e chegar no terminal correto. 
Eu mesma já fiz isso algumas vezes e para que mais gente não fique correndo assim como doido no meio do aeroporto antes do embarque vou deixar aqui umas dicas básicas para facilitar a todos.

Vamos começar pela sigla do aeroporto de Guarulhos, quando compramos a passagem saindo de São Paulo, sempre vemos CGH ou GRU e as vezes algumas pessoas querem sair por um aeroporto e acabam saindo pelo outro porque não conhecem as siglas, então vamos la:

CGH = Aeroporto de Congonhas

GRU = Aeroporto de Guarulhos

Sabendo isso, agora temos que identificar em qual terminal devemos embarcar e depois dessa dica ficará bem mais fácil.

O GRU Airport possui três terminais de passageiros, alem de um terminal de carga e cada um deles é identificado por uma cor o que também facilita bastante, quando estamos dentro do aeroporto.

Terminal 1: Cor Azul
Terminal 2: Cor Laranja
Terminal 3: Cor Magenta
Terminal de Cargas: Cor Verde


Existe também uma outra forma de identificar em  qual  terminal esta localizado o portão do seu voo antes de embarcar, pois o numero dos portões inicia com o numero correspondente ao terminal. E também a letra do Check in identifica os terminais. Ex: 

Portão 101 = Terminal 1
Portão 201 = Terminal 2
Portão 301 = Terminal 3

Bem  agora vamos identificar as letras do Check in:
Check-in A = Terminal 1
Check -in B, C, D e E = Terminal 2
Check- in F, G e H = Terminal 3

Somente com isso, já fica  mais fácil para não nos perdermos no Aeroporto, mas vamos também identificar em quais terminais estão as companhias aéreas e assim tenho certeza que nunca mais vamos sair correndo pelo aeroporto.

Terminal 1
Portões de 101 à 109
Check in A
Cia aérea: Azul



Terminal 2
Portões: 201 à 246
Check in B, C, D e E
Cias aéreas: Aerolineas Argentinas, Aeroméxico,  Air Europa, Austral Líneas Aéreas, Avianca, Boliviana de Aviación, Copa Airlines,  Cubana de Aviación, Delta Airlines, Ethiophian Airlines, Gol, Latam ( somente voos nacionais), Oceanair, Passaredo, Royal Air, Maroc, Taag e Taca.



Terminal 3
Portões 301 à 326
Check in F, G e H
Cias aéreas: Air Canada, Air China, Air France, Alitalia, American Airlines, British Airways, Emirates, Etihad Airways, Iberia, KLM, Korean Air, Latam ( Voos Internacionais), Lufthansa, Qatar Airways, Singapore Airlines, South Africa Airways, Swissair, TAP, Turkish Airlines, United Airlines 


Com essas informações, eu posso assegurar que ninguém mais vai se perder ou ate mesmo perder o voo.

Forte abraço.

Luciana

sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Conhecendo Doha - Sede da Copa de 2022

Conhecendo Doha 

Doha é a capital do Qatar e hoje é considerada uma das cidades mais modernas e desenvolvidas do mundo. Em Doha podemos ver grandes arranha-céus, com torres de vidro, lembrando um pouco Dubai.
O que achei bem confuso foi o aeroporto Internacional Hammad(DOH) em Doha.
Quando desembarcamos, colocamos nossa bolsa para passar no raio X, mas para nossa surpresa, pediram que tirássemos a doleira do corpo e tivemos que passar a doleira em uma bandeja separado da bolsa. Foi uma grande confusão, porque a fila era grande, muita gente com doleira, e o pior, varias doleiras iguais,  com isso, eu acabei pegando a de um rapaz e ele a minha. Por sorte vimos na hora e fizemos a troca. Por isso já aviso, quando desembarcar em Doha, deixe a doleira na bolsa, de preferencia dentro de um zíper fechado, para não correr o risco e o susto que tivemos. 
Passado esse "susto", foi a hora de pegarmos um transfer.  Conversando no próprio aeroporto, descobrimos que eles tem um concierge que chama os transfers para nos levar para o Hotel ( no nosso caso eram muitas malas por pessoa e precisávamos de dois carros grandes). Como chegamos tarde, resolvemos pegar, já que estávamos com medo que um táxi comum não soubesse inglês.
Como disse eram muitas malas, então tivemos que pegar 3 carros. Um carro foi somente com as malas e uma pessoa do nosso grupo, e nos outros dois carros dividimos o restante das pessoas, pois estávamos em 8.

O valor do Transfer foi € 25,00 por carro.

Chegando  no hotel (ficamos no Hotel Wyndham Grand Regency Doha, obviamente um excelente hotel), aproveitamos e já combinamos com os transfer's um passeio pela cidade no dia seguinte. Já que tínhamos apenas dois dias na cidade.





No dia seguinte passaram cedo em 2 carros no hotel para nos levar para os passeios.
Esse passeio custou USD 40,00 por pessoa. E metade do grupo fez primeiro o passeio pelo Deserto, que custou mais USD 25,00. Como estávamos em dois carros, enquanto 4 foram na 4X4 no deserto, os outros 4 foram rodar próximo ao deserto para aguardar, pois esse passeio dura 1 hora.
Eu achei o passeio muito interessante e com preço justo.

Não vimos pessoas caminhando pelas ruas, e depois de descermos do carro algumas vezes no nosso tour, descobrimos o motivo. Definitivamente no verão é inviável caminhar nas ruas, pois alem de ser extremamente quente,  o tempo é muito seco.

Quando chegamos já nos deparamos com os camelos.



 No carro com Tambier.

O Tambier foi muito simpático conosco e apesar de falar somente quase nada de Inglês, ele interagiu o tempo todo conosco, o que fez com que o passeio fosse muito agradável. Super recomendo esse passeio.







O Tambier o tempo todo parava para que pudéssemos descer e tirar foto, mas sinceramente, naquele calor, o melhor era ficar no ar condicionado do carro.




Depois dessa aventura maravilhosa, seguimos com os outros rapazes que foram nos mostrar um pouco mais de Doha.
Fomos no museu de Arte Islâmica, que fica localizado em uma extremidade na Corniche. Com uma grande área externa, rodeado de palmeiras e espelhos d'água. No seu interior existem diversas pinturas, esculturas do mundo árabe, que conta um pouco da histórica desse povo.


Passamos também no bairro que lembra Veneza com vários prédios pequenos localizados em vários canais, onde podemos atravessar de um lado a outro por pontes, bem no estilo de Veneza.
 


Mercado de Souq Waqif  

Mercado local, onde vende ouro, especiarias, tapetes, objetos locais e comidas. Vários corredores e lojinhas, onde pode encontrar de tudo, eu comprei ate uma camiseta da copa de 2022. 






  


Um dos Estádios da Copa de 2022



Stopover


No Post da Turquia eu comentei que fizemos um Stopover em Doha e assim aproveitamos para conhecer uma das cidades que será sede da copa de 2022.

Como funciona o Stopover?

No caso da nossa viagem, íamos para a Turquia, mas como fomos pela Qatar airways, o voo era Guarulhos / Doha, sendo assim, como tem a conexão, podíamos escolher ficar uns dias em Doha. Importante lembrar que já tem que ter isso definido quando emitir as passagens. Nós emitimos com o stopover na Volta, ou seja, você leva as malas e depois embarca novamente na data combinada. No nosso caso saímos de Istambul no dia 28/07 e ficamos em Doha e somente pegamos o voo de Doha / Guarulhos em 31/07
Resumindo o Stopover é uma parada no meio da viagem, quando o passageiro passa um tempo na cidade da conexão. O tempo depende de cada Cia aérea, no caso da Qatar o máximo é 96 horas.
Algumas companhias permitem fazer ate 2 stopovers na mesma viagem.

Como sempre, estou no aguardo da próxima viagem.

Até a próxima


terça-feira, 1 de outubro de 2019

Informações básicas para Embarcar

Antes de embarcar

Antes de embarcar é bom sempre verificar se a documentação esta em ordem, ou seja: Checar a validade do Passaporte, lembrando que alguns países exigem que o passaporte seja valido até três meses depois da volta para o País de origem ( caso da união Europeia) e até seis meses ( caso do Reino Unido).

Visto

No caso do visto, os USA exigem que tenha o visto e ele é valido por 10 anos, ou seja, ainda que você troque seu passaporte, porque venceu, ou porque está cheio, terá que carregar o antigo passaporte devido o visto e o novo passaporte. 
Alguns países que os brasileiros precisam de visto e podem ser solicitados na entrada do Pais, exemplo do Qatar ou antes do embarque, exemplo Cuba. Mas sempre pesquise no consulado do país para ter certeza.
Lembre também de confirmar a exigência de visto em países que somente fará escala.

Vacina

Alguns países exigem comprovantes de vacinas específicas como requisitos para entrada de pessoas, ou seja, antes de viajar verifique a necessidade de vacinação na Embaixada ou Consulado do destino.
Varias vacinas são bastante requisitadas, mas a mais comum em vários destinos é a de Febre Amarela.
Lembre de deixar o certificado Internacional de Vacinas, emitido pela ANVISA, sempre junto ao passaporte, assim não terá problemas quando for viajar.


Seguro Viagem e Seguro Saúde, qual a diferença?

Seguro Viagem: Protege contra possíveis problemas médicos, jurídicos, perda ou extravio de bagagem, perda de documentos. Devido o tratado de Schengen, todos os países da Europa exigem esse seguro para ingressar no País.
Porem nos Estados Unidos, o seguro não é obrigatório, assim como na Austrália somente é obrigatório para estudantes. Na America Latina é exigido em países como Equador e Cuba.

Seguro Saúde: é necessário pois nem todos os países tem sistema de saúde gratuito ou que atenda estrangeiros. O seguro saúde atende emergências médicas comum e casos mais graves. E alguns países é obrigatório.

Lembre sempre de consultar a embaixada ou consulado do País antes de emitir a passagem.

Embarque pessoal e de bagagens

Para o embarque é necessário sempre passar pelo detector de metais, ou seja, quando estiver em transito, evite muitos acessórios que irão deixa-la(o) mais tempo parado.
Antes de embarcar colocar na bandeja o celular, NoteBook, Tablet, cintos, moedas, etc.
Lembre-se também que a bagagem de mão passa no raio X, então lembre sempre de checar a bagagem de mão para que não tenha objetos cortantes tais como  Tesoura, Faca, Canivete, assim como itens líquidos com mais de 100ml. 
Para o embarque é necessário ter em mãos, o cartão de embarque, ou no celular, o passaporte e no caso de voo nacional ou para o mercosul  RG ou CNH. 

No mais seja Feliz e esteja sempre Viajando e Inovando....